7 de jan de 2014

Saímos na Veja Brasília.

Saímos na Capa da Revista Veja Brasília com outros profissionais que trabalham com serviços personalizados na cidade.


Val Miranda e Renata Muniz: nichos organizados por tipo de item, cor e tamanho (Foto: Roberto Castro)
Segue a reportagem:
Para Renata Muniz, o verbo arrumar não pode ser usado como sinônimo de organizar. “Arrumação qualquer um faz. A organização tem técnica e é personalizada”, esclarece. Especializada em pôr ordem na bagunça, Renata avalia a rotina do cliente, as roupas que ele mais usa, os materiais de descarte e o tipo de produto organizador ideal. O personal organizer é treinado para ordenar o caos e encara qualquer mudança. Escritórios, consultórios médicos e residências são os cenários frequentes. “O maior problema costuma ser o acúmulo. As pessoas se perdem no espaço e no tempo”, diz Renata. Faz parte do ramo a discrição absoluta. “É muita responsabilidade. Tenho clientes que são delegados e juízes”, conta a personal, que cataloga documentação sigilosa, escrituras e extratos. “As pessoas ficam agradecidas mesmo quando caem na malha fina e eu acho as notas perdidas.” A designer de interiores Val Miranda não consegue parar de namorar o seu novo closet, com as roupas separadas por cor e tamanho, e dobradas corretamente. “Agora quero ajeitar a minha cozinha”, afirma Val. Aos que não podem pagar um personal, Renata dá cursos coletivos uma vez por mês no Hotel Alvorada.
Contato: www.tudoemordemsembagunca.com

DICAS DA ESPECIALISTA
Pratique o desapego e faça descarte pelo menos uma vez ao ano. Separe os objetos por grupo e reúna no mesmo lugar os semelhantes, como casacos, vestidos e bolsas. Para papéis, utilize uma tabela de temporalidade segundo a vigência dos documentos.

2 comentários:

Adriani Pacheco,  11/1/14 8:57 AM  

Parabéns Renata, você merece!

Silvana Bessa 4/2/14 11:06 PM  

Parabéns amiga. Assino embaixo em tudo o que você diz na matéria. Sucesso sempre!
Silvana Bessa.

Related Posts with Thumbnails