17 de out de 2012

Travesseiros lavar ou não lavar?




Um travesseiro, com o uso, acumula grande quantidade de umidade, gordura, pele descamada, suor e todas as outras secreções da cabeça (saliva, coriza, seborréia, lágrimas e cerume), além de perfumes, tinturas e cosméticos. Todo esse material orgânico se encontra em ambiente ideal de proliferação biológica, escuro, úmido e quente. Um travesseiro sem proteção , com 6 meses de uso já contém cerca de 300 mil ácaros e após 2 anos, até 25% do seu peso é formado por ácaros vivos, mortos e suas fezes. Mesmo um travesseiro com tratamento, depois de certo tempo terá sobre suas fibras internas grandes acúmulos destes dejetos, o que diminui sua eficiência antimicrobiana.


O ideal é sempre arejar e ventilar o travesseiro, protegido por uma fronha, sempre com luz indireta, e nunca expor ao sol. Essas medidas irão aumentar a saúde e a durabilidade do travesseiro.

Recomendações:
• somente lave o travesseiro se puder garantir sua secagem completa
• siga estritamente as instruções de lavagem
• recorte e guarde as instruções de uso e conservação da embalagem
• higienize o travesseiro a cada seis meses, para não acumular resíduos
• lave o travesseiro apenas em
lavanderias especializadas


Laváveis:
Travesseiro de Látex
Travesseiro Fresh Plano
Travesseiro Fresh Plano e Perfurado
Travesseiro Altura Regulável Látex
Travesseiro Altura Regulável Fresh

NÃO laváveis:

Travesseiro NASA
Travesseiro de Molas
Travesseiro de Flocos de Látex
Travesseiro de Flocos de Visco

Travesseiro com Ervas
Travesseiro de Plumas de Ganso

Fonte: http://duoflex.com.br/conservacao

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails