18 de jan de 2010

Organização de malas.

As férias chegaram! È hora de fazer as malas para viagem.



  • O fundo da mala deve sempre ser reservado para os sapatos, que deverão estar acondicionados em sacos plásticos ou de tecidos.
  • Os sapatos de salto, no fundo da mala, os sem salto nas laterais da mala, dentro deles, aproveite para acomodar as meias e até os cintos, que deverão ficar enrolados.
  • Você deve  acomodar a nécessaire no fundo da mala, mas o ideal é optar pela frasqueira para carregá-la nas mãos.
  • As camisetas você tanto pode dobrá-las, como fazer rolinhos, que amassam menos.
  • Para acondicionar as calças, o melhor truque é o de deixar metade da calça pra fora da mala, colocar outras peças de roupa que você vai levar, por cima dela, e só depois dobrar a outra parte da calça para dentro da mala, isso evitará o vinco no meio das pernas e que ela se amasse muito.
  • As saias e os vestidos vão ser dobrados ao meio. Aqueles que couberem abertos, melhor.
  • Camisas devem estar abotoadas com as mangas para trás. Nunca esquecer de dobrar as camisas sempre numa linha abaixo da cintura, isso fará com que a marca da dobra fique para dentro da saia ou da calça, na hora de usar.
  • Os pijamas você deve colocar por cima de tudo, para que fique fácil de tirar, sem precisar mexer no resto das roupas. Se forem camisolas, e como geralmente são confeccionadas com tecidos que não amassam então as acomode com todas as outras peças mais miúdas, aproveitando todos os cantinhos e espaços pequenos que sobraram na mala.
  • O importante é nunca fazer uma mala que você não consiga carregar sozinho e também deixar reservado dentro da mala um espaço para uma sacola dobrável, para não ter problemas na volta.
  • Franquias de Bagagem em Vôos Nacionais
          Em vôos domésticos, a franquia de bagagem por passageiro é:
         * 30 (trinta) quilos para a primeira classe;

        * 23 (vinte e tres) quilos para as demais classes;

  • Franquias de Bagagem em Vôos Internacionais
  • Em vôos internacionais, a franquia de bagagem será definida pelo sistema de peça ou peso, segundo o critério adotado em cada área e na conformidade com a regulamentação específica.
  • Excesso de Bagagem
    Em vôos domésticos, a cobrança do excesso não poderá ser superior a:
    * 1% sobre a tarifa básica aplicável ao trecho, por quilo em excesso.
  • Em vôos internacionais, será aplicada regras específicas que regulam a cobrança excesso de bagagem.




4 comentários:

Related Posts with Thumbnails